Para quem você está vendendo?

O  mercado local, aquele da região onde se atua, é super importante para qualquer ponto de venda seja para uma loja de artigos, papelaria, acessórios automotivo, cafeterias, empórios, entre outros. Mas é no minimo um desperdício para não falar um risco muito grande, ficar preso a esse universo. O mercado local pode ser o foco principal do seu negócio, mas não deveria ser o único.

O mundo ficou pequeno e qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo poderá se interessar pelo o que você tem para vender. Como pensar no mundo, ainda pode ser grande demais. Que tal pensar no Brasil? Em outros estados? Em cidades próximas ? Tem gente que pensa que basta um site. Definitivamente não. Isso foi há anos atrás e não é disso que estamos falando. Hoje em dia, você precisa ir além do seu site. Você precisa pensar no produto e na estratégia para levar o seu produto para o maior número de canais online possíveis. Tanto o site, quantos as redes sociais servem para você trabalhar a imagem da sua marca. E o seu produto , a venda dele em si, poderá ser feito por diversos sites. Essa estratégia bem feita, poderá gerar um incremento considerável em  seu negócio. Claro que todo crescimento requer planejamento e estratégia , mas isso é para um outro post.

Aqui só quero que você pense no seu produto e como você poderá oferecê-lo melhor que o concorrente. Não só os seus concorrentes locais, mas do Brasil. Pode ser porque você consegue ter o melhor preço ou pode ser por algo que só você produz (um produto com a sua marca). Ou porque você entrega de uma maneira diferente oferecendo mais que um produto, uma experiência para o seu cliente.

Se você acha que o seu produto é para poucos, pode até ser melhor. O mercado de nicho, aquele segmentado, é o que tem maiores chances de sucesso, veja aqui o caso do site que focou nos sapatos de numeração 33, 34. Ai você vai dizer, ” mas eles nasceram sendo um site”. É verdade, mas não seria até mais fácil se eles já tivessem uma loja no segmento?!

Então, se você já tem o seu negócio, comece a pensar além do seu entorno. Poderá ser o caminho que você estava procurando para superar esse momento de crise. E como eu digo para os meus clientes: “A crise vai passar e quando passar, o ideal é que você já esteja preparado para aproveitar esses anos de demanda reprimida  e pronto para vender mais”. Então, vamos pensar um pouco mais longe?

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *